A empresa  DATAÇÃO  presta serviços de datação por Luminescência, contando com uma equipe  altamente  qualificada  e  preparada,  formada  por  doutores com mais de 15 anos de atuação na área.

         A técnica utilizada para a datação é a Termoluminescência (TL) e a Luminescência Oticamente Estimulada (LOE), estes métodos já estão bem difundidos no setor acadêmico nacional e internacional e oferecem uma qualidade nos resultados semelhante ao método do Carbono 14, com a vantagem de abranger um maior intervalo de detecção, podendo variar desde algumas centenas de anos até 1,0x106 anos, a incerteza dos valores das idades dependem do tipo de cristal a ser datado, pois a TL e a LOE estão intrinsecamente ligados às impurezas e aos defeitos pontuais encontrados na rede cristalina dos cristais datados, geralmente as incertezas estão na faixa de 10 a 20%.  Outra vantagem é o custo destas análises, pois são mais baixos que o do C-14.

 
 museo  ceramica
                 Museo de Arte Sacra   Fragmento de Cerâmica Arqueológica - MS


 duna  estatua
                  Duna Eólica do estado de Amazonas *       Estátua de Terracota
*(Des dunes fossiles em Amazonie, Carneiro Filho A., Tatumi S.H. e Yee M., Découverte, 329, 64-71, 2005).

          O nosso objetivo é suprir a necessidade dos pesquisadores brasileiros ligados aos vários setores de pesquisas geológicas e arqueológicas, visto que este é o único grupo que presta serviços de datação por LOE e TL no Brasil.
    
        Datação por Luminescência é um método de datação que determina idades no intervalo de algumas centenas até um milhão de anos aproximadamente, abrangendo, desta forma, o período do Quaternário. Pode-se usar duas técnicas o da Termoluminescência (TL) e o da Luminescência Opticamente Estimulada (LOE).

        A TL é o fenômeno da emissão de luz quando o material é aquecido e a LOE é a luz emitida quando o material é estimulado opticamente, com uma fonte monocromática de luz.

 TL

                                               Figura 1: Curvas de emissão TL.

        A TL foi proposta inicialmente por Daniels et al, 1953, para a datação de minerais e rochas. Depois Grogler et al, 1960, dataram fragmentos de cerâmicas arqueológicas com sucesso usando TL. Em 1972, Wintle and Oakley dataram lavas vulcânicas usando TL. Esta técnica vem sendo usada continuamente até os dias atuais, para datar materiais que foram queimados no ato de sua confecção, ou que sofreram algum aquecimento como as lavas vulcânicas, materiais líticos queimados, cinza de fogueira, etc.

        A LOE foi proposta para a datação por Huntley et al em 1985, que dataram sedimentos, quartzo, usando LOE estimulada com laser de Argônio verde. Hutt et al, 1988 dataram feldspato usando LOE- infravermelho.

 LOE
                                           
Figura 2: Curvas de decaimento LOE

        Em ambos os casos TL e LOE utilizava-se um protocolo chamado Regeneração por Múltiplas Alíquotas (MAR), onde a idade é encontrada com ~100mg de grãos de quartzo, feldspato ou carbonatos.

        No entanto, Duller, 1991 dataram sedimentos usando o protocolo de regeneração com uma alíquota única (SAR) de grãos de K-feldspato, neste caso é usado em torno de 7mg de amostra. Galloway, 1994; Liritzis et al, 1994; Stokes, 1994, dataram uma alíquota única de quarzto.

        Murray e Wintle, 1999, desenvolvendo o protocolo SAR, que é a determinação da idade através do método da alíquota única, contudo eles datam para uma mesma amostra em torno de 20 a 50 alíquotas. Desta forma, um histograma com a flutuação das idades encontradas através destas alíquotas pode ser construído.

 Frequencias









                             Figura 3: Histograma de idades, Soares, E.A. et al, 2010

                A equipe que constitui esta empresa de DATAÇÃO, são os únicos que prestam serviço profissionalmente de forma comercial na preparação de amostragem, modelamento e montagem de curvas de calibração e elaboração de laudos de datação por LOE e TL, e se comprometem com toda experiência adquirida e formações complementares, a fazer prestações de serviços de alto nível para toda sociedade acadêmica brasileira, além prestar serviços para pesquisadores de outros países.

 
 
  Site Map